[Resenha] Garota Exemplar!

Título: Garota Exemplar

Autora: Gillian Flynn

Editora: Intrínseca

Resenha: A história é narrada sob duas perspectivas: A de Nick, evidenciando as cenas em tempo real, quando no dia do seu quinto aniversário de casamento ele chega à sua casa e descobre que sua mulher desapareceu, começando assim uma série de investigações e buscas. E a do diário de Amy que vai nos mostrando aos olhos dela o desgaste do casamento e o quanto o marido tem mudado nos últimos cinco anos.

Assim, ao desenrolar dos capítulos - intercalados entre o ponto de vista dos protagonistas - a narrativa deixa nosso lado detetive trabalhando à todo vapor, acompanhado da discrepância entre o que parece ser real e o que não é, entre o que parece carregar a culpa e o que é realmente inocente - tornando tudo ainda mais enormemente intrigante.

Logo, a trama se desenrola a partir dessa ideia central, a da relação de Amy e Nick, que após um casamento dos sonhos, se veem obrigados a deixar a vida em Nova York e se mudar para a cidade da mãe dele, diagnosticada com câncer. Nick sempre foi muito ligado à família e Amy, mimada de berço, sempre foi – ou quis ser - a Amy Exemplar dos livros do seu pai. 
De início, um casal aparentemente perfeito, passa-nos a imagem de que foram feitos um para o outro... Até o dia em que Amy desaparece e Nick nem sequer imagina o que pode ter acontecido. Movido pela adrenalina das investigações, pelo vai e vêm das sirenes e por todas as fugas em despistar os jornalistas curiosos, Nick ignora o pedido das autoridades para que esperasse notícias em casa e vai atrás do paradeiro de Amy, só não sabia ele que quanto mais avançasse, mais se enrolaria na teia que ele e Amy mesmos construíram.

Contudo, na medida em que o roteiro se desenvolve e a investigação avança, vamos conhecendo mais da vida do casal e cria-se quase a certeza de que Nick é mesmo um assassino, todas as evidências caem em cima dele conforme as pistas aparecem. Durante o sumiço, uma vez que Nick é praticamente apontado como o real culpado, nós nos colocamos a favor de Amy... Quando na segunda parte – em tempo real – Amy aparece mostrando onde ela esteve e suas reais intenções e aí você já não tem mais tanta certeza na inocência dela.
Uma montanha russa de emoções e desespero é posta à prova quando Nick tenta – a todo custo – provar sua inocência – tão quanto Amy mostrar uma faceta do marido não tão inocente assim. E é a partir daí que temos a noção de que eles não tinham um casamento dos sonhos, que não foram feitos um para o outro e tampouco que já sabemos ou conseguiremos intitular quem quer que seja como mocinho (a) ou vilão (a).
Uma relação de fachada, coberta por camadas e camadas de mentiras, dúvidas, medos e traições, resumidas em uma nuance dolorosamente real. Percebemos o quanto as aparências enganam, o quanto a lógica se esconde sem dificuldade alguma atrás de mentiras e o quanto a imaginação funciona indiscutivelmente bem numa história de intensidade e mistério.

Mentes psicologicamente perturbadas, segredos escondidos. A inteligência nítida do ser humano incorporada na pele de Amy que mostra o quanto uma decepção pode acarretar planos mirabolantes e até doentios. E o peso do ser humano encurralado em seus próprios erros, nas escolhas erradas e atitudes incertas, moldadas na pele de Nick.
Desfechos imprevisíveis e de final impactante, incomum, perturbador e ousado. Tudo isso deu todo o diferencial à trama que em momento algum você sonhou em descobrir como acabaria.
Capítulos conturbados do início até o final e quando você acha que as novas descobertas eram o que faltava para o quebra-cabeças, o jogo é embaralhado novamente. A autora brinca com o leitor o tempo inteiro, numa história eletrizante onde ninguém é inocente demais, ou culpado o bastante.

Livro de escrita inteligentíssima com pitadas nas suas doses certas de surpresas, criatividade, reviravoltas e revelações extremamente intensas. A autora é de uma sagacidade incomparável e eleva Gillian Flynn ao topo das melhores escritoras do gênero.

26 comentários:

  1. Oi Thay, tudo bem? Puxa! Amei a resenha! Se antes eu já tava curioso pra saber mais sobre essa história, agora é que eu to mesmo! Ótima resenha!

    garotoliterariio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Thay, o livro infelizmente não me atraiu, mas sua resenha está ótima!

    Beijos

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Já li muitas resenhas sobre este livro, mas confesso que ele nunca me cativou. A capa também não é muito atraente. Talvez seja o enredo que não faz muito meu tipo.

    Abraço!
    Tudo Online

    ResponderExcluir
  4. Olá Thay, adorei seu blog...já estou seguindo ;)

    Parabéns pela resenha, estou doida pra ler essa obra.

    Beijokas da Quel ¬¬
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thay !!
    Amiga desse jeito eu vou a falência, quero ler praticamente todos os livros que você recomenda !! rsrs
    Gostei muito dessa história, totalmente intrigante do jeito que eu gosto !!
    Quero muito ler !!
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, se joga, Paty!
      Volta pra me contar o que achou *.*

      Excluir
  6. Esse livro é sensacional! Eu particularmente detestei o filme, achei vago demais, pela intensidade que o livro transmite!
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vi o filme todo, Bruna. Dormi na metade, mas até onde eu vi, estava gostando. Ainda quero tentar ver o resto! Beijokas ;)

      Excluir
  7. Thay!
    O livro realmente é muito bem escrito e inteligente.
    Na verdade não o li ainda, apenas assisti o filme, porém tenho ele aqui e será uma das minhas próximas leituras.
    Gostei muito da sua análise.

    Agradeço a visita feita ao blog, volte sempre que desejar.

    “Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo.”(Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Thay!
    Algumas pessoas me falaram que a história no livro é muito parada e que o filme é bem melhor. Ainda não li e nem vi o filme, porém virou febre entre todo mundo que me sinto uma et por não saber nada.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, ele foi bem falado mesmo, Luiza!
      Eu gostei dos dois, filme e livro. (Embora tenha cochilado na última parte do filme rs)
      Não achei parado, o começo do livro é um pouco detalhista demais, mas depois melhora e muito ;)

      Beijinhos *.*

      Excluir
  9. Eu amei a resenha!
    Na verdade eu já tinha ouvido falar desse livro, mas acabei deixando ele em segundo plano.. =/
    Agora lendo sua resenha, me deixou numa curiosidade danada para ler, saber as surpresas, o porquê da Amy ter sumido, enfim...
    Preciso ler esse livro urgentemente.. haha

    Estou te seguindo de volta.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn!!! Que bom ter te instigado, Leidiana, dê logo uma chance pra ele ;)
      Beijinhos *.*

      Excluir
  10. Muito Show!!
    Estou lendo o livro, agora você me animou mais a continuar haha!
    - Ágno R. Vilar
    bookbus1.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uauuu!!! Muito bom!!
      Espero que você goste tanto quanto eu!!

      Beijos, Ágno!!

      Excluir
  11. Nossaaaaa! Já tinha visto essa capa mil vezes, mas nunca que eu ia imaginar ser sobre isso a história! Achei super legal, amei sua resenha também! Agora vou atras de ler ele também... kkk
    http://meninadalivraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Thay !
    Eu tenho muita curiosidade de ler A Garota Exemplar, eu assisti o filme sem saber da existência do livro e achei sensacional, logo fiquei com muita vontade de ler o livro e só vejo comentários excelentes kkk tá ficando dificil conter a ansiedade e as expectativas
    Ótima resenha, beijos,
    Sorvete Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso às vezes acontece comigo rs
      Já vi muito filme sem saber da existência do livro :/
      Tomara que você goste ;)
      Beijão :*

      Excluir
  13. Comecei esse livro assim que assisti ao filme, o que me prejudicou e fez com que eu não o terminasse... Na época a leitura estava sendo bem arrastada. E isso foi logo depois do lançamento do filme, ou seja, faz muito tempo hahaha. Preciso ler tudo novamente, pois sempre elogiam muito. Mas cadê coragem??


    Já conhece nosso blog? Estamos sempre retribuindo visitas e comentários de blogueiros: ourbravenewblog.weebly.com :)

    ResponderExcluir

Já que você chegou até aqui, que tal deixar-me um recadinho?
Sua opinião é muito importante ♥