[Resenha] Meu Lado Serial Killer - Uma Antologia de Ceiça Carvalho!

Titulo: Meu Lado Serial Killer

Autores: Adriane Saltli; Alexandra Lazari; Artur Laizo; Christian Fonseca; Debora MM; Debrittus; Eduardo Silva Francisco; Elza Helena; Francisco José Pinheiro de Souza; Humberto Lima; John K; Julius Caesar; Márcia Pavanello Pires; Mariani Balland Christóvão; Nanda Scarllat; Natália Lopes; Onivid Silva; Paz Guerreiro; Renato Neres; Tamar Facchinetti; Vi Portalli; Vinicius Ribeiro; Vitor Machado; Wellington L. Barbosa Jr; Willianice Soares Maia.

Editora: Rico Editora

Sinopse: São seres humanos loucos ou cruéis?
Serial killer é a denominação de uma pessoa criminosa com perfil psicopatológico que comete assassinatos com uma certa frequência, seguindo o modus operandi, e não raramente, deixando sua “assinatura”. Boa parte destes criminosos tem um bom perfil social: respeitáveis, bem-sucedidos, aparentemente afáveis. Alguns foram descobertos e presos pelos seus crimes. E muitos ainda estão camuflados na sociedade. Nesta antologia os autores irão discorrer seus contos a partir de histórias reais de Serial Killers, levando como base o modus operandi 
(por: Fernando Mello).


Resenha: "Meu Lado Serial Killer" é uma antologia promovida pela campanha 'Eu leio Brasil', em parceria com a Rico Editora. A Antologia é constituída por contos cuja narrativa aborda crimes praticados por Serial Killer e tem a organização de Ceiça Carvalho.

Mas o que é um Serial Killer?
Como o nome já sugere, é um Assassino em Série, ou seja, é um tipo de criminoso com desvio psicológico que comete vários assassinatos com um determinado intervalo de tempo durante os homicídios, podendo ser dias, meses, anos... e geralmente seguindo um modus operandi, que significa ‘modo de operação’, logo seguem o mesmo tipo de assassinato em crimes da mesma espécie, em outras palavras, executam suas vítimas seguindo o mesmo padrão. Em muitos casos, eles deixam sua própria assinatura, o que foi possível ver em alguns contos desse livro.

Composto necessariamente por 26 contos, o livro vai nos trazer, nos mais variados contextos, esses assassinos em série na ativa, nos apresentando os mais diversos perfis onde é possível ver e - assustadoramente - perceber o quanto eles podem estar em toda parte, camuflados na sociedade na pele do bom moço de família, do açougueiro, da terapeuta, do humorista, do pintor, do policial e por aí vai...

Muitas vezes apresentam comportamento satisfatório, são admirados por algo e é um exemplo em sociedade - quando intimamente são terrivelmente perturbados. Em muitos contos tivemos até uma abordagem psicológica das motivações que levavam essas pessoas a cometer esses crimes brutais. Os autores conseguiram traçar perfeitamente o perfil de um assassino em série, mostrando a necessidade que eles tem de possuir o controle sobre suas vítimas, tornando-as submissas e em uma posição onde se encontram encurraladas diante de quem tem plenamente o controle de uma situação que foi meticulosamente bem arquitetada.

Tortura, situações de humilhação, estrangulamento, fúria e sexo abusivo são só alguns elementos de um livro que vai te fazer temer a aproximação até da pessoa - aparentemente - mais perfeita do mundo e preparar melhor nossos olhos a estar atentos a tudo que está ao nosso redor. É um livro pesado, mas que ao mesmo tempo nos deixa com aquela sensação de alerta e cientes de que tem muito louco à solta, matando cruelmente muita gente e muitas vezes pelos motivos mais banais do mundo. Um ponto bem bacana do livro foi que pudemos ver a mulher como uma assassina também. Estamos tão acostumados a achar que só o homem comete esse tipo de atrocidade que quando vemos uma mulher na pele de uma assassina em série, é difícil acreditar que consigam ser tão cruéis quanto. Renato Neres trouxe um desses contos, o conto ‘Crime da Calcinha’, que eu achei genial e - infelizmente - totalmente possível.

É presumível - o que já é evidente - gostar mais de uns contos que outros. A maioria eu finalizei com satisfação em ter lido, acompanhado da expressão ‘caramba, que criativo’. A seleção para a antologia no geral ficou incrível e foi uma grata surpresa ver tanta gente bacana, produzindo um conteúdo mais bacana ainda. Recomendo!

11 comentários:

  1. OI Thay
    Eu não sou fã de livros de contos, eu nunca consigo me envolver, prefiro ler coisas separadamente, mas eu gosto do tema, acho serial killer bem interessante. Super leria!
    Beijo
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados
    Sorteio do livro Meu Romeu - Leisa Rayven

    ResponderExcluir
  2. Participei dessa antologia com o conto: Do Outro Lado.
    O que achou dele?

    ResponderExcluir
  3. Olá, Thay.
    Fiquei com um pé atrás aqui porque livros com seriais killers demandam tempo e páginas no caso, para serem desenvolvidos. Mas ao mesmo tempo fiquei curiosa como o autores conseguiram passar isso nos contos. Se der vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Eu não leio um livro de contos tem séculos mas nunca li um com o foco em assassinatos de serial killers. Os crimes foram bem desenvolvidos sem parecerem corridos? Fiquei bem curiosa com a pemissa porque é um pouco diferente do que li. Só vi sobre serial killers em livros mesmo e não em contos.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  5. Oi Thay,
    Confesso que estou meio traumatizada com livros de contos, rs.
    E como a Sil do Prefácio disse, fico ainda mais receosa por serem thrillers...
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thay.
    Primeira vez que visito seu blog, e já quero dizer que amei. Estou louca para ler esse livro. Adoro assuntos envolvendo Serial Killers.

    bjo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Não costumo ler muitas antologias de contos, mas fiquei curiosa com o tema abordado nessa. Aparentemente fizeram um ótimo trabalho.

    Beijos
    Construindo Estante || Promoção de aniversário do blog

    ResponderExcluir
  8. Oi
    não tenho costume de ler esse tipo de livro, mas parece ser interessante e é uma forma de apoio aos autores, que bom que gostou da leitura e os contos parecem ser bem envolventes.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Thay!
    Realmente acontece isso com as antologias, vc acaba gostando mais de alguns contos do q de outros! Mas o importante é a seleção ter sido coerente e em sua maioria satisfatória!
    Gostei da dica, parace meio pesado, mas encararia, hahah
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Thay!
    Adorei sua resenha e me interessei muito pelo livro, serial killer é um assunto que vem me interessando muito
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Já que você chegou até aqui, que tal deixar-me um recadinho?
Sua opinião é muito importante ♥